24/04/2013

Loterias da Caixa Econômica Federal - fraudes e lavagem de dinheiro denunciadas em 2004 e até hoje não há uma resposta à sociedade


Veja como as coisas no Brasil são interessantes: o senador denunciou as fraudes e foi processado por isso, e os envolvidos até hoje, pelo jeito, não tiveram nenhuma punição.

Alvaro Dias volta a cobrar providências sobre fraudes em loterias.
Em pronunciamento no Plenário nesta terça-feira (23/04), o senador Alvaro Dias (PSDB/PR) voltou a cobrar providências sobre as denúncias, apresentadas por ele desde 2004, sobre fraudes no pagamento de prêmios de loterias da Caixa Econômica Federal. "As manipulações de resultados e a lavagem de dinheiro das loterias foram objeto de vários pronunciamentos, requerimentos e projetos que apresentei. Assim que recebi o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre loterias, fiz a denúncia, porque não sou baú para esconder crimes e criminosos. Denunciei casos como o de um cidadão que ganhou 525 vezes na loteria, no valor de R$3,8 milhões; e outro que ganhou 327 vezes. Esses cidadãos são milagreiros? Eles, como João Alves, do Orçamento, são privilegiados de Deus, inspirados por força divina para ganharem tantas vezes na loteria, realizando inúmeras vezes o sonho alimentado por tantos brasileiros? É meu dever como parlamentar continuar cobrando explicações. Por isso peço, mais uma vez, às autoridades uma completa investigação dos fatos e a responsabilização dos envolvidos", disse.

Os dados do Coaf identificaram, segundo o senador, mais de 75 pessoas envolvidas e movimentando o montante superior a R$ 32 milhões: "Já pedi providências várias vezes, mas a única adotada foi a abertura de um inquérito para que eu fosse investigado. Este é o Brasil: quem denuncia o crime pode ser preso, e os criminosos permanecem impunes, transformando o Brasil no paraíso da impunidade". O inquérito, autorizado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Eros Graus, levou o senador a ser intimado e depor na Polícia Federal, não usando o senador, entretanto, sua prerrogativa parlamentar de dar o depoimento em seu próprio gabinete. Alvaro Dias lembrou que procurou pessoalmente a Polícia Federal, e lá assumiu que foi o responsável por divulgar as informações veiculadas à época na imprensa.

O senador Alvaro Dias também fez um apelo para que seja votado o projeto que ele apresentou em 2007, definindo instrumentos para evitar que as loterias da Caixa Econômica Federal sejam utilizadas para ações de lavagem de dinheiro. Pelo projeto, que está na Comissão de Constituição e Justiça, ao sacar o prêmio, o vencedor deve comprovar inicialmente a origem dos recursos de suas apostas e o gerente somente poderá pagar o prêmio após a comunicação prévia à Central de Loterias, bem como ao Coaf, ficando o saque bloqueado até informações dos referidos órgãos. "O objetivo do projeto é impedir o crime, é dificultar o ilícito, é evitar a lavagem do dinheiro sujo, por meio das loterias", finalizou.

Assista também a entrevista:


Fontes:
http://www.senadoralvarodias.com/noticias/visualizar/3710
-
http://www.alvarodias.blog.br/2013/04/o-milagre-da-multiplicacao-de-premios-das-loterias-jamais-explicado/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários ofensivos.
Obrigado.
Deus te abençoe.