01/05/2013

Cuidado com o site AVAAZ no Brasil, não é de confiança


O Site AVAAZ (ONG internacional de ativismo online) é uma página de abaixo-assinados que tem sido utilizada por vários países no mundo. Creio que, de certa forma, em várias partes partes do mundo o site tem sido muito útil. Acontece que, infelizmente, aqui no Brasil o diretor de campanhas da Avaaz é o Sr. Pedro Abramovay, um lobista que quer que prevaleça os seus interesses (e de sua turma) particulares no Brasil.

Em entrevista ao Estadão, dia 11/3/2013, ele disse que a AVAAZ deleta abaixo-assinados que não estão de acordo com suas idéias. Veja o que disse:

“A entidade deleta abaixo-assinados que ferem seus princípios e aposta suas fichas em outros.”
(Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,frenesi-do-abaixo-assinado-pela-internet-desafia-a-classe-politica,1007154,0.htm)

Ora, então a AVAAZ aqui no Brasil não é democrática?? Ou estou enganado??

Esse Sr. Pedro Abramovay foi demitido da Secretaria Nacional de Justiça (em 2011) por defender o fim da prisão para pequenos traficantes e também por ser simpatizante da idéia de liberação do consumo de drogas.

Entrevista ao O Globo, onde ele expõe essas suas idéias extremamente “liberais” (http://oglobo.globo.com/politica/drogas-novo-secretario-defende-fim-da-prisao-para-pequenos-traficantes-2839509)

Portanto, pessoal, tô fora, eu que já assinei várias petições criadas neste site, estou caindo fora. Enquanto esse Sr. Pedro fizer parte da diretoria e ainda prevalecerem esses ideais, não dá para confiar nesse site e muito menos quero dar força aos Lobbys deles.

Se você é um cidadão honesto que presa por uma socidade melhor, não utilize mais a AVAAZ para criar ou apoiar petições.

Existem outros sites de petições:
http://www.change.org/pt-BR
http://www.peticaopublica.com.br/default.aspx

Leia também:
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-bolivarianismo-de-butique-de-abramovay-ou-somos-todos-obrigados-a-fazer-as-vontades-dos-financiadores-de-uma-ong-multinacional/

8 comentários:

  1. Ora, você clama por democracia mas não respeita uma idéia que não condiz com seus pensamentos? Isso é hipocrisia. Surgiro que pesquise um pouco mais sobre o sujeito e o que ele defende, e por que ele realmente foi expulso da justiça (eles não querem a liberação de drogas, pois lucram o dinheiro sujo disso). As únicas pessoas que sofrem com a proibição são pequenos traficantes, ou você acha que o deputado com 500kg de cocaína no helicóptero foi preso? O caminho não é liberar, e sim descriminalizar e regulamentar. Liberado já está, ou você acha que traficante pede carteira de identidade pra crianças comprando maconha? Acredite, a legalização não vai piorar uma coisa que já está horrível. O problema é que só quem sabe o quão horrível está são as pessoas que moram na periferia das grandes cidades e são vítimas de balas perdidas pelo confronto da polícia com traficantes todos os dias. Chega de guerra. A guerra as drogas mata mais do que as próprias drogas. Países desenvolvidos já enchergaram isso. Regulamentar é o caminho, e Jesus não é contra isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo. Seja bem vindo ao Blog.
      Descriminalizar e regulamentar não é liberar???? Não concordo.
      Respeito sua opinião, vivemos numa democracia, mas em hipótese alguma concordo com liberação do uso de drogas. Fica na Paz do nosso salvador Jesus.

      Excluir
  2. Então respeite meu direito de "ficar na paz" assim como respeito o seu de tomar aquela "cervejinha" no final de semana... A proibição da maconha está baseada no preconceito contra minorias, como índios, africanos e mexicanos que consumiam a erva no passado. Abra sua mente, sabe-se que a erva já era consumida a 6.000 anos a.C, nunca nenhuma morte. O álcool mata centenas de milhares todos os anos. Nao deixe ser manipulado por quem lucra com as vendas disso debaixo dos panos. Esses sim são os que não querem a legalização. Políticos, policiais corruptos, e grandes traficantes (que tem mais poder que muita megaempresa). Eles possuem um exército, e os chamam de traficantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido, qualquer substância (maconha, cocaína, lança perfume, álcool [eu não bebo cervejinha] etc) que tira a razão do ser humano (que o deixa alterado) eu não concordo e irei sempre defender meu ponto de vista, inclusive lutando que essas coisas parem de ser utilizadas pelas pessoas. É isso, o ser humano para ser responsável pelos seus atos é preciso estar "com os pés no chão". Abraço. Paz.

      Excluir
  3. Para comprovar que é verdade o que foi mostrado nessa matéria, tive o cuidado de "printar" e colar em um documento do Word, as telas do site Avaaz, em datas diferentes, e para minha surpresa os números estão em queda, desde que iniciei o monitoramento.

    ResponderExcluir
  4. Para comprovar que é verdade o que foi mostrado nessa matéria, tive o cuidado de "printar" e colar em um documento do Word, as telas do site Avaaz, em datas diferentes, e para minha surpresa os números estão em queda, desde que iniciei o monitoramento.

    ResponderExcluir
  5. Vc acha errado ele defender traficantes de drogas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônimo, seja bem vindo ao Blog. Acho que eu nem preciso de responder, né? Fica na Paz do nosso salvador Jesus!

      Excluir

Não serão aceitos comentários ofensivos.
Obrigado.
Deus te abençoe.